segunda-feira, julho 24, 2006

Eu acredito. Acredito em forças sobrenaturais, na sinceridade, em poesia, na fé, no meu time, na amizade, nos valores mais inacreditáveis, em um monte de frases feitas, no meu cabelo crespo ainda agradar muita gente, nas madrugadas, no riso fácil, em soninho da beleza, do descanso e da plenitude, nas Pimentas, nos meus orixás, que música tem alma, nas pequenas alegrias diárias, que brigar e lutar e espernear pelo que se gosta vale a pena, que chocolate quente com chantilly não engorda, na minha intuição, na luz linda da lua, em taças de vinhos sempre cheias, em artesanato, no mimosismo das crianças, em histórias de ninar, na rua vazia e cheia de vida, nas estrelas, em cartões de natal, na minha fidelidade, em banho de mar para limpar a alma, em banho de chuva para também limpar a alma,na honestidade, na espécie humana como um todo, que livros nos fazem viajar e conhecer e respirar novos e até mesmo velhos ares, na generosidade, que se proteger do sol é bobagem, que sou viciada em Coca-Cola, na força do Cosmos, em amor à primeira vista, que sou uma partícula minúscula capaz de revolucionar o mundo, no espírito em equilíbrio, em doação de sangue, em segurar a porta para um estranho passar, na mata nativa, num jornalismo novo e Wonder, em Deus, na natureza, na gentileza, na adoção, no companheirismo, na necessidade de conhecer museus, nas flores, no sucesso dos meus amigos, na vontade de promover saraus, na paz entre os homens de boa vontade, no olhar que me cativa, que vida foi feita para estar em dia com a fome, no respeito, que ter vergonha é normal, que água é vital, na felicidade de coisas muito pequenas, que devo cortar o cabelo sempre na lua crescente, na força do pensamento e no meu coração, ele sim, é a prova viva e pulsante, de que acreditar, sempre vale a pena!

5 comentários:

Silvio Pilau disse...

Continua assim.

"partícula minúscula capaz de revolucionar o mundo".

Sensacional.

Beijos

juky disse...

Ô mana, adorei tudo isso. Não é à toa, afinal, que somos da mesma família... beijos, garota!

roberval disse...

imensa felicidade saber que jazz, artesanato, flores, vinho e madrugadas te tocam a alma. o cosmos explica tudo porque não se pretende explicar.

pree disse...

Silvio: pode deixar que a partícula minúscula vai continuar assim okey?!
Mana:Themyscirianas, não?! Tá explicada a afinidade!
Rober(vaaaaal): a não explicação que explica tudo é - sem sombra de dúvidas - obra do cosmos!

bjins...

Anônimo disse...

Chacrinha buzina do além: isto é um testemunho ou um testamento?
Tá muito bem iscrito!Fon Fon
Fon Fon é duca vai dizê?
Entre o céu e o inferno há valores que mais alto se alevantam ( em Shakespeare e Camões).