sábado, setembro 16, 2006

"Existe uma única estrada e somente uma, e essa é a estrada que eu amo. Eu a escolhi. Quando trilho nessa estrada as esperanças brotam, e o sorriso se abre em meu rosto. Dessa estrada nunca, jamais fugirei."

É fato, tô amando essa estrada!

Um comentário:

Roberval disse...

Tem aquele ditado que diz que "há sempre um sapato velho pra um pé torto". Pois achei que nunca acharia meu número. Ledo engano. Ele existe, sim! E o melhor: não é Melissinha!