terça-feira, junho 20, 2006

A volta do balanço

Sim, já fiquei histérica por antecipação. Quem estava lá, naquela inesquecível noite de setembro, lembra do “showzaço”, do suingue, da surpresa “ben”dita e de tudo que fez o Clube do Balanço colocar fogo no palco do Opinião em Porto Alegre.
Gentis, educados e apaixonados pela música brasileira, essas são algumas das características dos 9 integrantes do Clube mais balançante do país. Liderado por Matolli, vocal e guitarra, o Clube do Balanço, retorna a Porto Alegre em mais uma das suas apresentações eletrizantes, regadas a muito suingue e samba-rock.
Se alguém me pergunta o que aquele show teve de diferente de todos os outros do Clube na capital gaúcha, eu digo, em alto e bom som:"depois de segurar as negas e de desejar muita paz e arroz para o público porto-alegrense, o palco simplesmente recebeu a presença do mestre do país tropical, Jorge Ben.
Exato! Como quem não quer nada, Jorge Ben subiu ao palco e fez o Opinas bombar com Filho Maravilha, Ive Brussel e País Tropical. Platéia pasmada! Ninguém acreditava no que via, uma rajada de alegria tomou conta do ar, todos estavam incontroláveis e o sorriso largo não saia de nossos rostos, não havia cristão, judeu ou umbandista que não cantasse. Foi a união perfeita, uma noite daquelas e um data histórica!O clube, os gaúchos, o Brasil merecia ver aquilo, algo que só o poder da boa música constrói".
Sempre cicceroneado pelo filho mais pródigo do samba rock gaúcho, Tonho Crocco, Matolli, afirmou em entrevista a essa morena que vos escreve que “Porto Alegre é a sede campestre do clube". Com razão! Sempre bem acolhidos pelos sambaroqueiros gaúchos o Clube sempre inova nos bailes da cidade. Com os hits do primeiro cd e com as novidades do segundo cd, “Samba Incrementado”, o show do clube é uma grande festa de família:alto astral, dançante, íntima. Quem ainda não teve a oportunidade de ver Matolli, Tereza Gama, Edu Peixe, Gringo, Tiquinho, Fred Prince, Marcelo Maita, Reginaldo "16 toneladas" e Augustinho Bocão juntos, não titubeie e marque na agenda a sexta-feira, 30 de junho. É nessa noite que as guitarras e os tamborins se encontram para mais uma orgia musical da música brasileira lá no Cine Theatro Ypiranga. É balanço garantido ou o seu dinheiro de volta!

Um comentário:

Donna Troy disse...

Amoooooo Clube do Balanço! Não acredito que tenho uma festa já confirmada pra ir no mesmo dia! Car...*

Ops! Sorry "sista"!

Beijão procê