quarta-feira, janeiro 13, 2010

A inutilidade das coisas

Na nova era os telefones são máquinas fotográficas, caixas de recados, enviadores de mensagens. Mas qual a finalidade óbvia dele?
Eu sempre digo "beijomeliga" por isso. Pra ver se as pessoas com um pouco mais de respaldo 'intelecto-afetivo-social' ainda se lembram do valor das ligações telefônicas que surpreendem no meio de uma manhã cinza, que propõem delícias numa tarde de trabalho ou que simplesmente deixam um boa noite antes de dormir.
oi?!

3 comentários:

Fala garoto, fala garota. disse...

Eu ainda escrevo um tratado sobre a utilidade do amor, tua instigação no Orkut me abalou. Mas enfim, telefones não passam de máquinas para ligar. O meu não tem câmera.
Pois pegue o seu e exercite:
"9156 ....".
Ela está lá, do outro lado da linha, solícita, voz doce. E quem sabe aceite seu convite pra um encontro casual...
"alô?"
"oi..................!"

Anônimo disse...

pessoa nova na area...supreendendo?

Nêga, Preta ou Pree disse...

Andee...
é outros convites vieram...e eu ACEITEI!
Anonimis?!ahn?!