segunda-feira, agosto 18, 2008

Respiro, penso e enxergo pior sem você por perto. E não é exagero. É a verdade da segunda.

Um comentário:

Maurício Boff disse...

como poderia ser diferente?