terça-feira, outubro 14, 2008

Depois do Central...

A repórter cobria a fuga de 4 detentas da Penintenciária Madre Pelletier, em Porto Alegre. Conseguiu, por um milagre inacreditável, entrar no presídio e apurar os fatos. Voltou para a rua, gravou a passagem. Pegou imagens, depoimentos, etc... Com tudo feito e pronta para ir embora, bastou ela se dirigir ao carro para ouvir em alto e bom som:
- Oie Priscillaaaaa!!!
A repórter olhou para esquerda, para a direita, e ouviu novamente:
- Aqui em cima!
Pronto, pensou ela, mais uma vez!
E a presidiária do alto da sua cela disse:
- "Sou tua fã, adoro a Recordiiii "
Cinegrafista e auxiliar se olharam e disseram: já temos um mito, uma lenda, um nome que corre na boca dos presídios...
E é obvio que esse nome é o meu!
(...)

7 comentários:

Fala garoto, fala garota. disse...

animando até presídios então???
hahahhahahahha meeeeeeeeeeeedo

Silvio Pilau disse...

De novo, é? Esquece o Prêmio Press e vai pro Prêmio Presídio.

Beijo

Ci disse...

Amiga popstar dá nisso...

pree disse...

Se a Rita é Cadillac
A Priscilla é Maverick...

hahuahauhauhahiahiahai!

Edu Cesar disse...

Não me leve a mal, por favor, mas isto é maior do que minha força de vontade:

AAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!

pree disse...

Definitivamente, meu público é a massa carceraria...

Carandiru...aí vou eu!

Edu Cesar disse...

Carandiru? Não pensa pequeno, Simões Dias. ALCATRAZ E SING-SING É O QUE HÁ!