domingo, julho 05, 2009

26

São tantas histórias. São Narrativas constantes de uma vida cheia de momentos marcantes. Não há explicação para o somatório maluco e divino de coisas que acontecem a cada dia, hora, minuto, segundo. É diminuir demais os fatos e sentimentos vividos. Há beleza. Há pureza. Há tristeza. A vida é feita disso, somos indo e vindo. Fiz 26 anos. Não perdi a esperança. Brigo, erro, grito, me desespero. Mas tenho força. Uma força e uma alegria muito peculiares. Que são só minhas. Coisinhas pequenas, detalhes profanos. Uma única covinha. Alguns me chamam de louca, outros de exibida. Uns tantos de maluca, alguns de atrevida. Meu pai diz que sou consumista. Minha mãe me chama de escrava do trabalho. Meu Deus nem fala mais comigo, manda os anjos perguntarem. Ando a mil por hora. Não paro. Não tenho escolha. Se pudesse largava todos vocês. Me mandava pra praia, pra serra, pro mato. Vivia de cereais, churrascos aos domingos e artesanias. A vida ia ter mais poesia. Mas assim, como me encontro hoje, aos 26, entre uma avenida super movimentada e o banco detrás de uma parati track&field eu revelo a minha essência. A da ser única e verdadeira. A de ser simplesmente Priscilla Casagrande.

7 comentários:

Fala garoto, fala garota. disse...

AHÁ
UHU!!!!!
A PRISCILLA É NOSSA!
AHÁ
UHU!!!!!
A PRISCILLA É NOSSA!
A gente te ama!!!

louis disse...

a que eu amo!

pree disse...

Amo-as demais.
Sou assim tão piripimpim pq tenho amigas especiais e iluminadas.

Obrigada Deus! Aprendo a cada dia q passa com vcs...

snifs.

deu passou!

bjo

Anônimo disse...

apaixonante...

Alice disse...

simplesmente um furacão

Ci disse...

E precisa mais? Modéstia tua ser SIMPLESMENTE Priscilla Casagrande.

Te amo!

pree disse...

apaixonante? furacão? modéstia?

ah,priscilla!

hihihi...

bjos em todos!